ORLA MULTIFUNCIONAL

Tendo em conta o declínio dos polinizadores e da biodiversidade em geral assim como a necessidade de integrar a biodiversidade agrícola em sistemas alimentares sustentáveis, propomos a criação de uma orla multifuncional que percorre a extremidade noroeste do polígono central (junto ao maior pivot) e nas áreas de pastagem que estão debaixo dos painéis solares utilizando uma mistura de sementes de plantas - aromáticas e herbáceas, ajustadas às características edafoclimáticas da região. Esta reconversão e restauro paisagístico de aproveitar terras menos produtivas ou sem qualquer produção, como as orlas dos pivots ou limites parcelares, oferece várias vantagens ambientais, económicos e sociais para a exploração;

  • Ambiental - aumento do nível de polinizadores; criação de habitats para aves e refúgio para pequenos mamíferos; fornecimento de alimentos para as aves durante o inverno; promoção da conectividade da paisagem ajudando os polinizadores e outros insetos a movimentarem-se; proteção dos recursos hídricos adjacentes contra a erosão e o escoamento do solo; e a promoção de uma agricultura sustentável;

  • Económico - aumento do rendimento e da qualidade das colheitas devido à melhoria dos serviços de polinização; uso eficiente de terra marginal não produtiva; e aumento do rendimento das colheitas (barreira natural contra fauna local);

  • Social - aumento do valor social da paisagem (através do melhoramento estético) que consequentemente poderá promover outras áreas de lazer e negócio  - como por exemplo ecoturismo.

Ao diversificamos a paisagem da exploração e implementarmos estas propostas vamos; criar um habitat natural que consequentemente fornece recursos de nidificação e alimentação para os agentes polinizadores, outros insetos, mamíferos e aves que coabitam a exploração; potencializar serviços de ecossistemas prestados pela exploração (sequestro de carbono, controlo natural de pragas ou polinização) que consequentemente vão melhorar o rendimento das culturas e garantir uma agricultura ambiental sustentável - tradeoff equilibrado e positivo entre a economia e o meio ambiente. A mistura de sementes preconizada terá a seguinte composição: coentros (Coriandrum sativum); Colza (Brassica napus), Sanfeno (Onobrychus

 vicifolia); Trevo pérsia (Trifolium suaveolens); Trevo resupinado (Trifolium resupinatum); Ervilhaca vilosa (vicia vilosa) e Tremocilha (Lupinus luteus).

 

No final do verão, quando todas as plantas já tenham dado flor e produzido semente que caiu no solo, irá realizar-se um corte em toda a margem, de forma a que no Outono - Primavera seguinte a orla rebente permitindo uma maior densidade de plantas. Esta mistura, como já referimos, será aplicada​ numa extrema com uma extensão de cerca de 778 metros lineares com cerca de 3 metros de largura perfazendo, 2.335 m2. Adicionalmente, será também aplicada nos dois parques solares (atualmente sem aproveitamento), perfazendo uma área adicional de mais de 5.103 m2.

Valado%20_01_edited.jpg
Corredor Ecológico
Pasto%20para%20polinizadores_edited.jpg
Orla Multifuncional
Refugio%20aves_edited.jpg
Regeneração Natural
e
Abrigos para Aves e Morcegos
Percurso%20Interpretativo_edited.jpg
Percurso
Interpretativo